O que é computação em nuvem?

Por BH Servers
Em Tecnologia
26, fev, 2022
Nenhum Comentário
365 Views

Essa é uma dúvida muito comum, inclusive entre profissionais do ramo de tecnologia. Portanto pensamos que esse blog merece um post voltado para essa pergunta.

Então, afinal, o que é computação em nuvem?

Em resumo, a computação em nuvem é a prestação de serviços de computação em geral, mas que esteja disponível através da internet e não de forma local.
Em outras palavras, tudo que estiver instalado diretamente em seu computador, é um software tradicional. Mas se você utilizou a internet para acessar esse programa que normalmente é disponibilizado através do navegador web, provavelmente se trata de computação em nuvem. Isso inclui os docs (Google Docs e similares), armazenamento de arquivos (Google Drive, One Drive), rede, hospedagem de sites, servidores virtuais privados (VPS) que são exatamente os serviços mais alugados por nós e muito mais.

Como surgiu esse termo “nuvem” ou o original em inglês, “cloud”?

No ano de 1997 o termo “cloud computing” (computação em nuvem em português) foi dito pela primeira vez por um professor de sistema da informação, chamado Ramnath Chellappa em uma palestra para seus alunos.
O professor se inspirou no símbolo da internet que é a a nuvem, pois ela representa qu algo está “no ar”. Esse termo, por sua vez, foi emprestado de um termo muito utilizado pelas rádios e TVs, que utilizavam o “no ar” para dizer que estavam transmitindo. Nesse caso o “no ar” era quase literal, afinal transmitir significa enviar sinais de rádio literalmente para o ar.

Quais são os benefícios da computação em nuvem?

1 – O custo: A computação em nuvem elimina a necessidade de empresas e usuários em geral de investir dinheiro em compra de infraestrutura, softwares, licenças, energia elétrica, resfriamento de ambiente e todos os gastos comuns ao se montar uma estrutura local. Todo esse custo é assumido pelo prestador de serviço que garantirá seu sistema, online bastando apenas a internet.

2 – Acesso remoto: A computação em nuvem permite ao usuário, utilizar seu serviço de qualquer lugar, desde que possua internet e um dispositivo para se conectar.

3 – Confiabilidade: Normalmente a estrutura de um datacenter conta com redundâncias e uma insfraestrutura de tecnologia mais avançada, diminuindo muito os custos e chegando a graus de confiança de até 99,9% dependendo do tipo de serviço.

4 – Produtividade: O fato de eliminar a necessidade de manter equipes locais cuidando de toda a infraestrutura, fará com que o usuário da computação em nuvem se concentre apenas no trabalho, deixando que o datacenter cuide de todo o resto.

Finalidade de usos mais conhecidas

  • Criar aplicativos e mantê-los, online. Exemplos de aplicativos que rodam na nuvem: Instagram, Youtube, Snapshat, sistemas bancários e mais uma infinidade de aplicativos e serviços
  • Análise de dados e trabalho em equipe em uma época onde funcionários trabalham cada vez mais de forma remota. Através de sistemas de trabalho em equipe e análise de dados hospedados na nuvem, os funcionários estarão sempre conectados em seus sistemas e com sua equipe, independente de onde estejam. Exemplos de uso: CRM, Zoom
  • Sistemas de backup. Armazenar backups na nuvem em sistemas do tipo cluster é a forma mais segura de manter seus arquivos salvos, visto que esses arquivos são duplicados entre diversos sistemas. Ou seja, se um falhar, o outro assume. Sistemas de backup conhecidos: Google Drive e One Drive
  • Transmissão de áudio e vídeo. Este é um meio já bastante conhecido devido ao uso de sistemas do tipo Netflix e Youtube.
  • Iteligência artificial. Esse é um ramo ainda em desenvolvimento mas que já têm assustado bastante gente. Aqui você pode ver um exemplo de o que uma inteligência artificial é capaz de fazer.

Conclusão

Sem que a gente perceba, a computação em nuvem está cada vez mais presente em nossas vidas. Em temos de Alexa gerenciando casa, apagando e acendendo luz, trabalhos remotos muito comuns em tempo de pandemia e toda a humanidade cada vez mais conectada, a computação em nuvem deixa de ser o futuro e se torna o presente. Hoje quase todas as ações do dia-a-dia mais importantes para nossa produtividade está conectado com a internet. Seja como lazer ou como trabalho. Basta pensar no que seria o mundo hoje sem a internet e será possível entender o que é a computação em nuvem.