Como trabalhar por conta própria em 2021

Por Redação BH Servers
Em Notícias
28, dez, 2020
Nenhum Comentário
29 Views

Está cansado de ter que cumprir horários, receber ordens e ter sempre um chefe no seu pé? Ou então quem sabe está desempregado e procurando algo para ganhar dinheiro e pagar as contas? Seja qual for a sua situação, se você está querendo trabalhar por conta própria em 2021, esse artigo é pra você. 

 

Descubra se você tem o perfil certo para trabalhar por conta própria em 2021!

O primeiro passo para quem quer trabalhar por conta própria é descobrir se você tem o perfil para isso. Quando imaginamos alguém trabalhando por conta, nosso imaginário se enche de momentos bons e alegres, de pessoas trabalhando de pijama, tirando um cochilo no meio do dia e não tendo que dar  satisfação a ninguém. Mas a realidade é bem diferente. 

Quando a gente trabalha por conta própria, cada um dos clientes é um chefe. Além disso, é preciso ter foco e disciplina, pois se não dermos o nosso melhor, não teremos dinheiro no fim do mês. 

Trabalhar por conta própria significa trabalho duro, muito stress e um pouco de ansiedade. Se você não está disposto a arcar com isso, talvez seja melhor continuar com a carteira assinada. 

 

Tenho o perfil, qual o próximo passo? 

Se você decidiu que vai encarar essa empreitada e vai trabalhar por conta própria em 2021, está na hora de definir com o que você vai trabalhar. 

Você pode trabalhar com: 

  • prestação de serviços 
  • venda de produtos 

Para trabalhar com prestação de serviços, basta você encontrar algo que você seja realmente bom e que as pessoas estejam procurando. E aí vale tudo: limpeza, manutenção de carros, segurança, comida, redação, designer, etc. 

Para trabalhar com venda de produtos procure por algo que esteja em alta, encontre seus fornecedores e mão na massa!

 

Defini meu nicho!

Após escolher com o que você vai trabalhar, é hora de fazer uma pesquisa de mercado para definir se essa é realmente uma boa área. 

Comece buscando quem são seus concorrentes, tente encontrar redes sociais não só das marcas, mas também dos donos dos negócios. 

Analise o que as pessoas falam dos negócios deles e também como eles se portam. Talvez só de olhar isso, você já acabe vendo que talvez não seja uma área assim tão boa. 

Também é importante definir como você vai se destacar. Você deve se destacar pelo menos em dois ou três desses itens: 

  1. Produto melhor
  2. Preço melhor
  3. Atendimento melhor
  4. Prazo menor
  5. Pré-venda melhor
  6. Pós venda melhor
  7. Suporte melhor 

É assim que você vai se destacar no mercado, afinal, fazendo somente o básico, e que os seus concorrentes já fazem, vai ficar quase impossível se destacar e ter algum lucro. 

Lembre-se também de definir como será a sua divulgação e incluir isso nos custos. Por exemplo, se você for trabalhar online, você vai precisar trabalhar com divulgação em redes sociais, com divulgação no Google, com parcerias com influenciadores… Tudo isso tem custo e deve ser calculado. 

 

Defini o nicho e montei meu plano de ação, e agora? 

Agora é a hora de se resguardar. Ao contrário do que muita gente imagina, criar e manter um negócio é muito caro! Agora é a hora de você juntar todo o dinheiro que será investido no negócio e também dinheiro para você se manter por pelo menos 6 meses – se você não liga de viver perigosamente, por 1 ano – se você é um pouco mais precavido, ou por 2 anos – caso você goste de se sentir seguro. 

A maioria dos negócios não vai dar lucro antes de ter 2 anos de vida. Tudo fica mais fácil quando você não precisa tirar dinheiro do seu negócio no começo, então a gente realmente recomenda que você tenha como se manter no mínimo por 6 meses, sendo o ideal ter dinheiro para se manter por 2 anos. 

Se você ainda está trabalhando, pense na possibilidade de montar seu negócio sem se desligar do seu serviço. Assim você ainda conta com a estabilidade da carteira assinada mas pode se aventurar por novos mares. Isso vai te ajudar a ficar mais tranquilo e a ousar mais, já que o seu novo negócio não é a sua principal fonte de renda. 

 

Hora de agir!

Se você já se decidiu e agora é 2021 é o ano para montar o seu negócio, é hora de agir. 

  • Defina o nome: o nome do seu negócio é super importante e eu sugiro que você pense em um nome e na sequência já verifique se o domínio está disponível. Hoje em dia todos nós precisamos de visibilidade na internet, e é através de um site que você vai conseguir isso. Imagine só como vai ser ruim se você tiver montado toda a sua identidade visual para então descobrir que o domínio já está registrado? Então logo depois de definir o nome já cheque o domínio e caso não esteja mais disponível, eu sugiro trocar o nome. 
  • Crie seu site e as suas redes sociais: agora é a hora de criar seu site e as suas redes sociais. Clique aqui para conhecer os nossos planos de hospedagem e definir qual a melhor para você. Contrate alguém (ou faça você mesmo) para fazer o seu site. Crie um facebook, instagram e se fizer sentido para o seu nicho crie também um twitter e Pinterest. Foque em produzir conteúdo legal para todas as redes sociais e lembre-se sempre de não ficar só postando propaganda. É importante gerar conteúdo de qualidade relacionado ao que você trabalha para engajar com o seu público.
  • Comece a divulgação: agora que você já tem tudo pronto é a hora de começar a divulgar. Você pode aprender a fazer tudo sozinho, e reduzir os custos, ou então contratar alguém que já sabe o que está fazendo. Não importa a forma, o que importa é que você vai ter que investir em publicidade paga no começo. Foque em divulgar seus produtos nas redes sociais, sempre focando nos diferenciais que você selecionou lá em cima.
  • Colha os frutos: agora é só colher os frutos. Não desanime se não parecer tão promissor no começo e esteja preparado para recomeçar caso seja necessário.

 

Gostou do nosso artigo? Então compartilhe com seus amigos que também estão querendo trabalhar por conta própria em 2021!