Como ganhar dinheiro como Web Designer

Por Redação BH Servers
Em Notícias
13, jan, 2021
Nenhum Comentário
271 Views

O Web Designer vem sendo uma profissão muito requisitada ultimamente. Já estávamos tendo um aumento bem grande da necessidade desse profissional, afinal a internet só tem aumentado nos últimos anos e toda empresa precisa estar online. Para ajudar a aumentar ainda mais a demanda, tivemos a pandemia, que acabou fazendo com que a gente precisasse usar cada vez mais a internet, o que consequentemente aumentou também a procura por Web designers

 

O que faz um Web designer

Um web designer é um profissional que trabalha com toda a parte de design para internet, podendo ser redes sociais, criação de sites, criação de banners e até mesmo edição de vídeos. 

 

Quanto ganha um Web Designer

O Piso salarial de um web designer é de R$2300,00. Mas normalmente depois de algum tempo de experiência um profissional freelancer consegue cobrar mais, sendo que a grande maioria consegue tirar entre R$5.000,00 e R$10.000,00.

 

O que eu preciso estudar para ser um bom web designer?

Um Web designer só cuida da parte visual do site, também conhecido como front end. Claro que um pouco de programação não faz mal a ninguém, mas de grosso modo, tudo o que você precisa saber é design! 

 

Você vai precisar saber mexer com os principais programas de edição de imagens: Photoshop, Illustrator e Corel Draw. 

Também é necessário aprender como algum CMS funciona. Hoje mais de 30% de todos os sites do mundo são feitos em WordPress, então, se eu tivesse que escolher apenas uma plataforma para aprender, aprenderia essa. 

Se você for se especializar em alguma área, como por exemplo social media, é bom aprender um pouco de marketing e também de copywriting, já que são essenciais para você oferecer o serviço completo de redes sociais.

Já se for ficar na criação de sites, uma boa pedida é aprender a programar um pouquinho em HTML, CSS. Se você gostar de estudar, vale a pena aprender também BootStrap, Java Script, Orientação a Objetos, MySQL, Ajax, JQuery, MVC, APIs e IONIC. Claro que não é necessário aprender tudo de uma vez. 

 

Como a sua principal função como Web Designer vai ser estética, eu iniciaria com bons cursos de Photoshop e Illustrator. 

 

Se você for se manter especializado em Front End, alguns conhecimentos extras poderão ajudar bastante, são eles: princípios de marketing, usabilidade de sites (UI E UX), psicologia de vendas, psicologia das cores, tipografia, etc. 

 

Outro ponto legal para ser aprendido é um pouquinho de SEO e HTML Semântico. Isso costuma agregar muito valor a um site, já que você já entrega o site pro cliente otimizado para o Google! 

 

Agregando valor aos serviços de Web Designer

Se você quer agregar valor ao seu serviço, uma boa ideia é começar a oferecer o serviço de hospedagem. 

Você pode por exemplo contratar um servidor aqui na BHServers e cobrar uma mensalidade dos seus clientes que pode ser tanto de manutenção dos servidores como de manutenção do site! Isso vai te ajudar, já que muitos clientes acabam não tendo um resultado satisfatório porque o servidor que eles adquirem são muito ruins e acabam deixando o site lento, independente de quão bem feito ele for! 

Lógico que para isso você vai precisar aprender um pouco de manutenção de servidores e também quais as melhores práticas, mas não é nada muito complicado. 

 

Como arrumar seus primeiros trabalhos 

Se você não tem nem ideia de como começar, que tal começar com um projeto próprio? Isso te ajudará a desenvolver seu portfólio! Quando o seu primeiro cliente chegar, com certeza ele vai querer ver o que você tem feito, como são os seus projetos e se você é realmente bom no que faz! 

 

Para isso, comece criando algum site para você . No seu site você pode deixar um portfólio, formas como você trabalha, que serviços oferece e até mesmo uma tabela de preços, assim as pessoas já chegam até você sabendo se poderão arcar com os custos ou não. 

 

O mesmo vale para as redes sociais. Se você vai trabalhar como Social Media, é legal você começar a criar um portfólio. Você pode por exemplo criar um instagram da sua marca e criar conteúdo que possa interessar ao seus clientes, por exemplo dicas de como cuidar das redes sociais, dicas de como fazer imagens bonitas, etc, e no fim oferecer o seu trabalho.

 

É claro que se você está trabalhando como Social Media, você deve focar bastante nas imagens que você vai postar nas redes sociais, tomando sempre cuidado para que todas elas sejam bem bonitas e harmônicas. 

Sempre fique de olho nas novidades também, por exemplo, agora o que está em alta são os posts mosaicos no Instagram, onde o fundo das fotos se unem formando um plano de fundo. É bem legal e é uma coisa que seus clientes podem estar procurando. 

 

Já se você vai trabalhar mais com edição de vídeos, que tal criar alguns vídeos de você mesmo para editar? Faça edição de jogos que você gosta, ou edição de vídeos do seu dia a dia mesmo. Isso tudo serve de portfólio para quando o seu primeiro cliente chegar. 

 

Devo pegar meus primeiros clientes de graça? 

Não! Apesar dessa ser uma dica que algumas pessoas dão, nós não recomendamos. As pessoas tendem a não valorizar o que é feito de graça e muitas vezes, por descaso da própria pessoa que está te contratando você não conseguirá entregar o seu melhor serviço. 

 

Você pode por exemplo cobrar um valor simbólico, o que já ajuda a fazer o seu cliente dar valor ao que você está oferecendo. O ponto principal é que você deve sempre ser sincero com o seu cliente. Deixe claro pra ele que você está iniciando e que não tem muita prática, por isso está cobrando valores abaixo do valor de mercado, mas que se compromete a fazer um bom trabalho. 

Você já conhecia o trabalho de um Web Designer e já sabia tudo o que ele faz? Ficou animado para se tornar um? Compartilhe esse texto com aquele seu amigo que está meio perdido na vida e sem saber que rumo tomar.